Guarapari

Fundada em 1585, pelo padre jesuíta José de Anchieta, Guarapari tem como símbolo principal o pássaro Guará, que é a origem do nome da cidade. Até chegar ao nome de Guarapari, o município recebeu outras denominações como: Aldeia do Rio Verde, Santa Maria de Guaraparim, Vila dos Jesuítas, Goaraparim e Guaraparim. Guará, representa a ave em si e Pari ou Parim, significa na linguagem indígena armadilha.

O município tem mais de 50 praias por toda sua extensão. De águas cristalinas e calmas, a maioria delas são entrecortadas por pedras, formando um cenário paradisíaco.

“Quer viver o sonho lindo
Que eu vivi
viver a maravilha
De Guarapari”

Praias – Centro e Praia do Morro

Entre as principais estão: a Praia do Morro, Castanheiras, Praia do Meio, Praia dos Namorados, Areia Preta e Virtudes.

Praia das Castanheiras

Praias – Meaípe

A poucos quilômetros do centro da cidade também estão as praias de Meaípe, Guaibura, Peracanga e Bacutia.

Região das Águas Azuis

História

Além de belas praias, o município também conta sua história através das Ruínas da Igreja, da Velha Matriz, da Gruta de Sant’Ana, Poço dos Jesuítas, da Casa da Cultura e do Radium Hotel.

Panela de Barro

Artesanato e Culinária 

Maior símbolo do artesanato local, a panela de barro é o principal instrumento para fazer a tão conhecida Moqueca Capixaba. Herança dos indígenas que habitaram a região ela é feita da mesma forma até os dias de hoje.

Outro artesanato marcante, é o trabalho de rendas de bilros (pequenas peças de madeiras que facilitam o trançar).

Mergulho

A rica biodiversidade marinha do mar de Guarapari é excelente para os amantes da prática do mergulho. Entre os vários pontos bons, está o navio Victory 8-B afundado em julho de 2003 para se tornar um Recife Artificial Marinho. O navio se encontra a 12 km de distância da costa e está entre 15 e 35 metros de profundidade.

Reserve um lugar no paraíso. Venha conhecer e se apaixonar por Guarapari.

Opções de hospedagem